quarta-feira, 27 de abril de 2011

Espera

Espera eu me arrumar, calçar meu sapato, colocar o casaco, tá frio. Espera meu coração acalmar, desacelerar, ou voltar a bater em uma velocidade mais eufórica, sabe como é, ele anda num marasmo tão grande que às vezes até vacila e esquece de bater por alguns milésimos de segundo, anda preguiçoso.  Deixa meu cabelo secar, e espero que ele não fique muito assanhado, mas se ficar também não vai ter problema, já me disseram que cabelo assim pode ser considerado um charme. Espera meu olhar focar e parar de ficar vidrado no vácuo, eu preciso de um ponto para me guiar, como não tenho, só fico indo sabe-se lá onde. E deixa minha respiração suspirar, me deixa sonhar, ou comer os sonhos. Deixa eu voltar a ser um pedaço de quem eu fui, ou um modelo de mim mesma mais madura. Deixe-me aprender, a saber, o que é ser maduro. E espera o momento que eu estiver sorrindo sem motivos especiais, ai vou estar bem. Atualmente ando fazendo uma força fora no normal para sorrir, sinto falta dos momentos que eu sorria e nem sentia. É como se eu estivesse numa vida com lembranças que não são minhas, mas que eu estou presente. E espera eu me recompor, eu juntar os pedaços de mim, deixa eu me refazer, ou me reinventar, sinceramente estou  tão perdida que não sei mais que sou, só sei que estou aqui. E quando eu estiver pronta, segura minha mão, me leva pra dar um volta, em um lugar bem ventilado, onde a brisa possa bater de leve no rosto, e o som ao ouvir no fundo seja o do mar, ou das árvores, ou de carros buzinando, não importa, porque por dentro eu saberei que estará tudo bem. E me puxa pra junto, se faz de porto-seguro, e diz que sempre vai estar por perto. Me faça engordar em jantares deliciosos ou comendo no botequim da esquina. Beba comigo enquanto eu fico gargalhando sem motivos e fique a me olhar, sem explicar, sem precisar falar. E eu deixo você segurar meu rosto enquanto eu fecho os olhos e sinto que tudo esta firme, que sou eu na minha vida e que tenho o controle de toda situação. E quem não poderia desejar tudo isso? Eu desejo, mesmo que meu olhar negue e me meu sorriso se feche. Mesmo que eu não te encare ou te descarte. Mas espera, espera por uma eu que esta por vir, ela será bem melhor do que eu sou hoje. Agora preciso ir, me arrumar, calçar meu sapato, colocar o casaco, tá frio.

15 comentários:

  1. Belo texto! (:
    Sempre é bom ter um tempinho para a gente poder se encontrar... ver como a nossa vida anda, não é verdade?

    Beijos, querida!
    Boa noite!

    ResponderExcluir
  2. Incrível.
    Amo conversar com ele nos meus pensamentos. É tão mais simples, e ninguém é capaz de desfazer meus sonhos.

    ResponderExcluir
  3. Caramba. sem palavras tudo tão verdadeiro e terno!!!

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Renata disse:
    Agora espera,aí,vc,eu me acordar,me acalmar depois de um post desse... rs'
    Per-fei-to!!Parabéns!!!
    As esperas da vida...eu vou esperando,igualmente,a vc as mesmas coisas.
    Eu quero um casaco p/ me aquecer da frialdade emocional dos outros que estou a esperar!

    *Amei o comentário!
    ***Bjos mil!

    ResponderExcluir
  5. Será que a espera é tão eficaz assim,
    a paciência é uma virtude, que poucos têm!

    bjs, teu cantinho tá cada vez mais lindão.

    ResponderExcluir
  6. ...Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar....(O Menestrel - William Shakespeare )

    As vezes, uma conversa,um vinho e uma varanda, ajuda agente pelo menos saber...se tamo acertando nas escuras.

    ResponderExcluir
  7. Ótimo post!


    Bjs
    http://bruhworspite.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. "Espera meu coração acalmar, desacelerar, ou voltar a bater em uma velocidade mais eufórica, sabe como é, ele anda num marasmo tão grande que às vezes até vacila e esquece de bater por alguns milésimos de segundo, anda preguiçoso."

    Meu coração desaprendeu tanta coisa, acho que a próxima vez que alguém bater na porta, eu terei que viver esse texto. A gente tem mesmo que se recompor, arrumar o que ficou no chão depois de tudo o que aconteceu, descongelar o sorriso, aprender novas rimas, tudo isso faz parte da preparação pra uma nova história, a gente só não pode fugir por ter medo do que pode ser.
    O amor é enfrentamento, coragem e determinação.

    ResponderExcluir
  9. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Eu juro pra voc~e que esse texto me deu um nó na garganta e a vontade de te falar "Por favor, deixa eu publicar no meu?Eu coloco os créditos, coloco seu nome, coloco seu link, mas deixa eu ao menos dizer que é assim mesmo que eu mesinto!"

    ResponderExcluir
  11. Que lindooo, meu coração derreteu por aqui.

    Tenha um final de semana cheinho de amor!

    Beijo carinhoso flor.

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Só passando para me desculpar pela escassez de postagens em Agosto no meu blog, o Escrevo para Viver.
    É que a faculdade e o trabalho têm tomado todo o meu tempo e ficou complicado postar.
    Mas agora estou de volta e vou me esforçar para manter atualizado.
    Te convido a dar uma passadinha por lá e ler a primeira postagem deste mês (Na cadeira do juiz): http://escrevoparaviver.blogspot.com/2011/09/na-cadeira-do-juiz.html
    Caso puder, deixe seu comentário ^^
    Abraços virtuais,
    Helena.

    ResponderExcluir
  13. Tá frio por aqui também... Frio por dentro ¬¬

    ResponderExcluir